domingo, 25 de janeiro de 2015

TOMEI-TE PELA MÃO... FORMEI-TE... FIZ UMA ALIANÇA CONTIGO
Confundes-me Senhor!
Pela manhã a oração de encontro é de louvor pela tranquilidade do repouso nocturno que traz boa disposição interior à alma e ao corpo. Pelo raiar de um novo dia, pelo dom das irmãs e por todos os que neste dia na Tua Igreja fazem memória do seu nascimento para Ti, pelo Baptismo, o meu louvor .

Um mar de gente corre para a escuta da Tua Palavra e celebração dos Teus Mistérios. Que alegria, que beleza e harmonia nos gestos, no canto, na cor, no movimento dum simples gesto de juntar as mãos que batem suavemente e são manifestação de fé na Tua presença. Em Ti nos deleitamos porque a voz do Pai se faz ouvir e como Tu somos filhos muito amados.

O perfume de quem louva e adora é singelo e simples mas a extravasar de amor. Um dia feliz. Um encontro com quem vive e experimenta a fé na beleza do Carisma partilhado por estes recantos do mundo.
Tomas-nos pela mão... conduzes o nosso viver e repetes em cada instante a Aliança do amor selado  com a própria vida. A Tua vida palpita na imensa multidão de crianças que carregadas de euforia se apinham à porta da Igreja e enchem o adro à espera  de vez para entrar na Igreja e celebrar com entusiasmo o doce Mistério da Eucaristia. 
Tantos olhares, tantos sorrisos, tanto brilho a jorrar nos rostos serenos e simples.
Vozes angélicas enchem a pequena catedral de Kamacupa. Que majestoso cenário! É a festa da vida, é a novidade da Tua Igreja jovem que renasce em cada dia.
De repente uma corrida e o baile da estrada até à cidade do Kuito apresenta-se diante dos nossos olhos. Sorte que a chuva não havia caído e a estrada apresentava-se seca, embora com perigos. Não sei mesmo que dizer, só sei que nos conduzes com mão forte e braço poderoso.

Brilhe em nós a coragem para a gratidão constante. Suplantem o menos bom da vida, o desejo de crescer, de fazer o bem e de me sentir sempre muito bafejada pelo Teu Espírito que paira sobre mim e me inspira a praticar sempre o bem e a fazer da minha vida um constante acto de heroísmo em Tua honra em Teu louvor.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.