sexta-feira, 15 de novembro de 2013

XXXIII DOMINGO DO TEMPO COMUM

1ª Leitura: Ml 3,19-20a
Sl 97
2ª Leitura: 2Ts 3,7-12
Evangelho: Lc 21, 5-19

A perspectiva final …
Neste penúltimo domingo do ano litúrgico, a perspectiva final desenha-se com maior nitidez. Os cristãos não precisam de temer: o Espírito – a força e inteligência de Deus – está com eles, para se defenderem. Quem permanecer firme, salvar-se-á. Uma idéia secundária, no evangelho, é a advertência de não correr atrás de qualquer um (por causa da impaciência).
A relação entre Deus e os homens continua, hoje, através dos discípulos, que continuam a missão de Jesus através do seu testemunho de vida. Contudo, como Jesus encontrou resistência, também nós: seremos perseguidos, presos, torturados, julgados e até mesmo mortos por continuarmos a acção de Jesus. Mas não devemos ficar preocupados com a própria defesa. O importante é ter a coragem de permanecermos sempre firmes até o fim.


Não nos cansemo de esperar a Parusia…
Somos exortados a esperar só em Jesus Cristo glorioso sendo suas testemunhas no mundo. Isto vive-se e concretiza-se pela oração e pela incansável prática da verdadeira caridade, o nosso espírito, comungando com o de Cristo, enfrentará com firmeza tudo aquilo que pretende ser palavra ou instância última e não o é!
Não cruzemos os braços dizendo: “Se tudo o que fazemos é provisório, então, que adianta?” Quem raciocina assim, não deveria comer, pois dentro vai ter fome de novo. Paulo responde aos tessalonicenses que sob alegação da proximidade da Parusia passam seu tempo numa alienada desocupação: “Quem não trabalha, não coma” (2ª leitura).

A Tua Palavra não passará jamais…

Esta é a nossa certeza, Tu, estás sempre connosco e convidas-nos a pemencer firmes até ao fim sem dar ouvidos ao alheio. Não podemos deixar que o coração e a alma fiquem cansados. Contigo, devemos ficar renovados no e pelo Espírito que nos oferece a fortaleza necessária para vivermos atentos e vigilantes, pois o Teu Reino vive-se em cada dia e está presente na nossa vida. Continua Senhor a dar-nos lingua e sabedoria para anunciar com alegria e Esperança a vinda do teu Reino.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.