sexta-feira, 18 de outubro de 2013

XXIX DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO C
1ª Leitura: Ex 17, 8-13
Sl 120
2ª Leitura: 2Tm 3,14-4,2
Evangelho: Lc 18, 1-8

Segurando o bastão da vitória…
A força divina dá a vitória. O desânimo traz-nos derrota. A força do Senhor está presente na nossa vida, nos nossos combates. Erguer as mãos para o alto, fixar o olhar e o coração em Deus, é salutar, eis a lição da primeira leitura. Deus é justo, parcial, sempre presente na vida do seu povo, não cruza os braços, condu-lo, dá-lhe sempre força.
Deus é o nosso libertador Ele está vivo, actuante na história de cada um. Ele age no coração dos que são justos, e lutam pela verdade, pela paz e pela justiça de uma humanidade nova.

Insistir no anúncio da Palavra…
Paulo oferece-nos soluções para não perdermos a fé. A nossa oração deve ser persistente; Devemos não só guardar a fé, mas anunciar a Palavra oportuna e inoportunamente.Ter uma identificação cristã valorosa e exigente. Não andar com rodeios, ser claro na mensagem a transmitir. Nada de disfarces, insegurança, respeitos humanos e falsos pudores, mais que a exteriorização, vale a clareza, a paciência  e a convicção.  Aquele que evangeliza, deve amar profundamente a Palavra e anunciá-la com uma adqueda pedagogia pastoral, a Escritura é a fonte para toda a formação e educação cristã
.
Rezar sempre…sempre…
Insistir, pedir com determinação, sem cansar. É isto que devemos fazer diante do Senhor, pois Ele gosta de nos atender e encoraja-nos a não desistir, a ter fé. Hoje a nossa fé parece esmorecer, fraqueja com facilidade. As tentações da “civilização” abafam-nos e imperam em nós. Daí o evangelista acrescentar: “quando vier o Filho do Homem encontrará fé sobre a terra?” O Senhor pede-nos uma oração constante, sem nunca desistir, adverte o nosso coração pedagogicamente para insistir na necessidade de guardar intacta a nossa fé até que venha o Filho do Homem.
Por detraz da oração percebemos quem é Deus para nós, que planos tem para cada um. Precisamos de manter com Ele uma relação dialogante, intíma e de comunhão plena. Quando se ama não se corta a relação por um dez reis de nada. Esperamos que a ausência se torne presença e o amor se intensifique cada vez mais.

Palavra para a vida...
Ao longo desta semana procura rezar algumas frases da Palavra de Deus: “o Senhor vela pela tua vida…”; “proclama a palavra, insiste a propósito e fora de propósito, argumenta, ameaça e exorta, com toda a paciência e doutrina”; “…necessidade de orar sempre sem desanimar…”. Procurar transformá-las em atitudes e gestos de verdadeiro encontro com Deus.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.